PÓLIS – POLÍTICA, DESENVOLVIMENTO, POLÍTICAS PÚBLICAS

A política é compreendida como atividade humana relacionada ao poder e direção da sociedade, seu conceito sempre está relacionado à capacidade de dirigir e ou influenciar a direção das decisões que afetará todos os membros de determinada sociedade. Em linhas gerais, temos a definição clássica de Hannah Arendt que a conceitua como “ação e discurso mundo”, que se situa no terreno da filosofia política, e definições da sociologia política, como campo de disputa entre interesses distintos pelos recursos públicos materiais e simbólicos.


Com relação à noção de desenvolvimento, sem desconsiderar a importância do crescimento econômico, as questões de ordem ambientais e do desenvolvimento local endógeno, Amartya Sen (2000) concebe o desenvolvimento como um meio e o fim desenvolvimento dos indivíduos. Nesse sentido, se trata de uma concepção de desenvolvimento que na nossa avaliação amplia e supera as ambiguidades das noções de desenvolvimento sustentável.

Nessa concepção de desenvolvimento, o poder público através das políticas públicas, tem papel relevante e fundamental em sociedades de extremas desigualdades sociais, como no caso do Brasil, ao promover oportunidades de superação de condições de privações dos indivíduos em relação às capacidades exigidas dos membros da sociedade.

Podemos de forma geral conceber que políticas públicas são as diversas formas de ações e atividades pelas quais o poder público intervém e ou se relaciona com a sociedade. Assim, quando uma política pública tem efetividade em alcançar seus objetivos promove efetivações na vida dos indivíduos de seu público alvo, ampliando suas capacidades e, portanto, suas liberdades. Por isso essa concepção de desenvolvimento esta “intimamente” relacionada ao papel das políticas públicas como elemento proporcionadores de efetivações na vida dos indivíduos e ao papel do poder público como correções das desigualdades de oportunidades entre classes e indivíduos.

Nesse contexto, o Laboratório Pólis tem como foco de atuação a reflexão e realização de estudos sobre temáticas abrangendo os campos da política, do desenvolvimento e das políticas públicas. Nesse sentido, são consideradas pesquisas que versem a respeito da cultura política, atores políticos, políticas públicas e terceiro setor, além de temas como poder local, desenvolvimento e políticas públicas.

O intuito do Laboratório Pólis é desenvolver reflexões e investigações nas áreas temáticas da cultura política, da dinâmica dos jogos relacionais entre atores sociais e políticos do Estado, da sociedade civil e do mercado, processos decisórios, implementação de políticas públicas por agentes públicos e privados e dinâmicas do terceiro setor. Assim como busca-se articular estudos teóricos e pesquisas empíricas dos processos e experiências de desenvolvimento localmente ancoradas, governança democrática municipal, elaboração, implementação de políticas públicas e avaliação. Além disso, são desenvolvidas investigações empíricas e teóricas sobre mídia, comportamentos eleitorais, poder legislativo, partidos políticos e opinião pública.

Nessa perspectiva, o Laboratório Pólis tem como objetivos: criar bancos de dados sobre políticas públicas visando subsidiar análises a respeito do Estado, desenvolvimento e implementação de políticas públicas; monitorar dados sobre temas sociais e econômicos, como educação, saúde, inclusão digital, habitação, renda, emprego, etc.; viabilizar a realização de diagnósticos socioeconômicos e análise e avaliação de políticas públicas; subsidiar a elaboração e implementação de políticas públicas, assim como outros documentos relativos à gestão pública; formação de gestores e agentes para o serviço público e para o terceiro setor.

GRUPOS DE PESQUISA
Grupos de pesquisa que compõe o Laboratório Pólis – Política, Desenvolvimento e Políticas Públicas:

– Poder Local, Desenvolvimento e Políticas Públicas, liderado pelos professores João Bosco Araújo da Costa e por Douglas Araújo.

– Grupo de Estudos Poder Legislativo, Eleições, Opinião Pública, liderado pelo professor aposentado Homero de Oliveira Costa.

ESTRUTURA
Este laboratório tem como estrutura física a sala 04 do prédio administrativo do Centro de Ciências, Letras e Artes – CCHLA, equipada com mobiliário, computadores, impressora, softwares.