Cursos Livres 2021.1 do Instituto Humanitas

O Instituto Humanitas de Estudos Integrados da UFRN oferecerá três Cursos Livres no formato on-line nos dias 30 de julho, 27 de agosto e 10 de setembro, sempre às 16h, com transmissão pelo canal do YouTube do Instituto.

Os Cursos Livres são uma atividade de extensão do Instituto Humanitas, com programação regular desde 2019. O histórico de Cursos Livres pode ser visualizado no Portal web do Instituto.

Neste semestre 2021.1, o primeiro Curso Livre Você sabe com quem tá falando? Quando a carteirada falha, será proferido por Andressa Morais Lima, doutora em Antropologia pela UnB. A conferencista pretende, em suas próprias palavras, “desenvolver uma reflexão geral sobre como o sistema de justiça tem lidado com questões de gênero e de raça em nossas sociedades atuais”, usando como referência empírica sua experiência etnográfica com uma rede de advogadas de Salvador (Bahia) entre os anos de 2016 e 2019. Em termos teóricos, Andressa revisitará a crítica de Jessé Souza a Roberto DaMatta, no ensejo de ir além e propor “uma teoria crítica ´pós-colonial’ e ‘interseccional’ ao esquema teórico-conceitual desenvolvido por Jessé Souza, argumentando em defesa da existência de uma ‘sobredeterminação’ da raça e do gênero em relação ao corte de classe social em circunstâncias de negação de reconhecimento social”.

O segundo Curso Livre Metamorfoses marxistas na cultura latino-americana: leituras de Aníbal Quijano sobre Mariátegui será realizado por Deni Alfaro Rubbo, professor da UEMS e doutor em Sociologia pela USP. Resume o professor Deni Rubbo: “o objetivo é apresentar algumas linhas gerais do livro recém lançado O labirinto periférico: aventuras de Mariátegui na América Latina (Autonomia Literária, 2021), em que realizei um estudo sobre a recepção da obra de José Carlos Mariátegui”. Na conferência, Deni Rubbo dará particular ênfase à “reconstrução das leituras que o sociólogo peruano Aníbal Quijano realizou sobre Mariátegui, que expressam, em grande medida, as distintas fases da trajetória de Quijano e suas tensões com o marxismo”. 

O terceiro Curso Livre será proferido pelo professor e diretor do Instituto Humanitas Alipio De Sousa Filho, que falará sobre A teoria construcionista crítica nas ciências humanas, tema de estudo publicado em seu livro “Tudo é construído! Tudo é revogável” (Cortez Editora), e que busca responder às seguintes perguntas: “Por que podemos falar da existência de uma teoria construcionista crítica nas ciências humanas como uma teoria de fundamento dessas ciências? Qual a sua importância para o desenvolvimento dos estudos nos vários domínios das ciências humanas? Quais descobertas foram proporcionadas com a perspectiva construcionista na análise dos fenômenos culturais, sociais e históricos? De que se constitui uma análise construcionista crítica da realidade social?”.

Aos interessados, as inscrições ocorrem por meio do SIGAA e geram certificados de participação emitidos pela PROEX.